8/Críticas

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

" Cinquenta Tons de Cinza é constrangedor e deprimente " , veja o que os críticos estão dizendo

A estréia de Cinquenta Tons de Cinza aconteceu hoje (12) , e quem comprou na pré estreia se deu bem ou até mesmo se deu mal.Confira abaixo o que os críticos estão dizendo do filme.


O livro se tornou bastante popular depois de surgir como uma fanfiction da saga Crepúsculo. A história erótica saiu dos círculos de blogs e das páginas eletrônicas e, após uma readaptação sobre os personagens, chegou às livrarias como Cinquenta Tons de Cinza.

Baseado em um best-seller literário da escritora britânica E. L. James , o filme dá vida a Anastasia Steele, uma jovem garota sem experiência que acaba se apaixonando por um rico e poderoso homem com um gosto pra lá de especial entre quatro paredes.

Com um gigante sucesso nos livros , todos os fãs devem assistir ao filme, uma adaptação da narrativa para os cinemas era mesmo inevitável, e a diretora Sam Taylor-Johnson ficou encarregada do trabalho. Dakota Johnson e Jamie Dornan estrelam a produção nos papéis de Anastasia e Christian Grey.

Veja as primeiras críticas abaixo : 

"Aguentar o melodrama sadomasoquista tedioso que é Cinquenta Tons de Cinza pode ser uma forma própria de tortura". (Claudia Puig, do USA Today)
"Os aspectos terríveis do livro não estão presentes, e a maior surpresa é que Ana e Christian desenvolveram senso de humor". (Sara Stewart, do The New York Post)
"Elegante e principalmente satisfatório, o filme será um sucesso de público, e merecidamente. Estrelado por uma vivaz Dakota Johnson e por um Jamie Dornan no ponto certo, o romance erótico de Taylor-Johnson é uma destilação habilidosa do primeiro livro de James, que traduz a satisfação inebriante de ser a fixação de alguém". (Inkoo Kang, doThe Wrap)
"O filme Cinquenta Tons de Cinza é consideravelmente melhor escrito do que o livro. É também um tanto elegante, mas de forma genérica, como uma propaganda de TV sobre óleo de banho". (Lisa Schwarzbaum, da Entertainment Weekly)
"O crédito vai para a diretora Sam Taylor-Johnson e seu roteirista Kelly Marcel, que deixaram de fora as maiores falhas do primeiro livro, enquanto ainda honra a sua essência. E a protagonista Dakota Johnson se revela uma heroína ideal, embora – como muitos temiam – sua química com Jamie Dornan nem sempre funciona". (Elizabeth Weitzman, do New York Daily News)
"O filme desnua Cinquenta Tons de Cinza à sua essência: um homem confiante, uma menina desajeitada, e um quarto vermelho equipado com algemas de couro. A partir daí, Taylor-Johnson constrói um drama erótico que leva seu romance a sério ao mesmo tempo em que admite que a simples existência de Christian Grey é um absurdo". (Amy Nicholson, do Village Voice)
"Com o objetivo de agradar os espectadores, os cineastas se rendem sem hesitação ao atrevido, ainda que piegas, material de origem, com Jamie Dornan e Dakota Johnson dando uma necessária terceira dimensão aos personagens caricatos". (Sheri Linden, do The Hollywood Reporter)
"Dirigido por Sam Taylor-Johnson a partir do roteiro de Kelly Marcel, o considerável talento por trás das câmeras e o mínimo de performances consideráveis geram alguns prazeres vergonhosos inegáveis, mas a maioria dos espectadores vai procurar uma 'palavra de segurança' para escapar dessa confusão de mais de duas horas de excessos mal engendrados". (Eric Kohn, do indieWIRE)
"Em última análise, Cinquenta Tons de Cinza é constrangedor e deprimente, especialmente quando ele reflete a qualidade do romance moderno dos dias de hoje". (Rodrigo Perez, do The Playlist)
Veja o trailer do filme abaixo : 

                                       

E aí você já assistiu ao filme ? Gostou ?
Labels
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home