8/Críticas

domingo, 12 de julho de 2015

Cidades de Papel nos mostra mais uma adaptação de livro coerente

Sinopse do filme: A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo qu
e ele participe de um engenhoso plano de vingança. 



Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro. Mais sobre o filme: Cidades de Papel 



A nova adaptação do John Green que tem como diretor Jake Schreier tem como público os adolescentes. Sabemos que criar um filme de acordo como é no livro não é a coisa mais fácil, e isso não deixa Cidades de Papel aquele filme cansativo de ver porque não está tão fiel, o filme trouxe muitas surpresas para os fãs.

O conteúdo do livro teve que ser reduzido para produzir o filme - pois livro é sempre bem mais detalhista -, mas isso não prejudicou a forma de andar do filme. Aconteceu algumas modificações mas deixou a história dos personagens bem mantida. 


O livro não é muito o romance conveniente. Sabemos que o Green não gosta de finais muitos "óbvios", e até os clichês dele são bem diferentes. O filme traz aquele pitada que todos os livros dele têm, o amadurecimento, e neste não é diferente. 

Para quem não leu o livro é uma boa oportunidade de conferir este filme. 

Crítica montada por: Eduardo e produzida por Karina ArãoObrigado Karina! 


Nota para o filme: 8.1 
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home