8/Críticas

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Crítica | Esquadrão Suicida é um filme que prometeu muito mas no final não cumpriu

Sabe aquele filme que é mal anunciado e nós já estamos eufóricos para a estreia? Pois bem, foi o caso de Esquadrão Suicida. Quando o filme foi anunciado, divulgado trailer e etc, todo mundo ficou louco para a estreia. Mas quando chegou a hora, blef! Não agradou todo mundo.


O caso do longa é o seguinte: foi divulgado vários e vários trailer, imagens e vídeos promocionais, só que esse marketing mostrava uma coisa diferente da versão que estávamos prestes a ver nas telonas.

Esquadrão Suicida mostra uma trama diferente, não vão ser os heróis que irão salvar o mundo, e sim os vilões. Tudo começa com a ideia de Amanda Waller (Viola Davis) de unir forças com um grupo de vilões que cometeram crimes horrendos. A Waller quer uni-los para lutar contra uma anomalia não humana.

Você pensa, "Ual nós nunca virmos isso no cinema, vilões salvam o mundo, isso pode ser extraordinário". Mas no final, não é! Nós nunca vimos isso ser retratado em nenhuma tela de cinema. Tinha tudo para ser um filme bem mais divertidos do que a maioria dos outros filmes da DC. Eles não conseguem entregar de uma maneira nítida isso.

O filme não tem um foco em certo, não sabemos quem é o foco principal. Eles colocaram vários personagens e não souberam usa-los de uma forma que eles não fiquem tão desaproveitados. O roteiro não sabe como lidar com isso, temos vários personagens na tela, mas eles não são usados. É o caso da Katana - que só tem praticamente 3 falas, tudo em chinês, menos uma, e uma única cena que a deixa impactada na cena -, o Amarra - que só aparece uma vez no filme, mas a divulgação não mostrava isso - e o Crocodilo. Os diálogos desses personagens não são em si ruins, mas sim genéricos demais. Eles não participam mais do que isso, além de uma luta para deixar tal personagem mais relevante de uma forma que não funciona.


Algumas partes do filme me lembraram aquela reunião que o personagem Ralph - de Detona Ralph - tinha, a reunião só de vilões, onde eles falavam de como é ser um. Pois ele não queria ser um vilão, o filme passa essa mensagem, de que os vilões na "outra" vida tem uma família, e que eles mataram sua família. Pessoas de bom coração que não são aceitas na sociedade por ser claro, vilões. Isso deixa o filme um pouco... Como posso dizer. Tedioso? Pois acaba tirando o peso de quem vai salvar o mundo, que no caso vai ser os vilões.

Ainda em relação aos personagens, temos somente três que tem um destaque bem maior, que são a Arlequina, o Pistoleiro e o Coringa? Sim, como muitos já podiam prever, a personagem feminina do filme rouba a cena. O filme todo é da Arlequina, em todos os sentidos. Apesar da personagem ser né? Começa a ficar um pouco tediosa a participação dela. Incluindo uma cena muita tosca onde a [SPOILER] onde a personagem está casada com o Coringa e tem lindos filhos, é sério eu não sei de onde eles tiraram isso!

Margot Robbie como Arlequina, sensacional. Will Smith como Pistoleiro, nota B, Viola Davis como Amanda Waller, estupenda, sério amei ela, Cara Delevingne como Magia, mozão do filme e excepcional, é sério ela é uma das melhores personagens para mim. Jared Leto como Coringa, é. Distrai mais nada mais que isso.



Falando em Coringa, a pergunta que todo mundo quer saber: o Coringa do Jared Leto é bom? Então, é bom sim, mas não passa disso. Não podemos ver muito, afinal o filme nem é dele, mas não agrada muito, ele só está no filme devido realmente a Arlequina pois os dois tem uma história juntos e não podia passar disso.

Por fim, Esquadrão Suicida é um filme que prometeu muito mas no final não cumpriu. Em meio a efeitos detalhados, cenas de ação que não mostram novidades e com um grande excesso de slow-motion, o filme não é um dos melhores dos gêneros e nem. Esse filme é a prova de que boas ideias, que são muito bem mostradas, não são muito bem adaptadas, mas que poderiam dar muito certo, Prometeu, prometeu mas não cumpriu. Nota 3 de 5.
Labels
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home