8/Críticas

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Ponte em Chamas, 2ª volume da série Rangers, é bem mais gostoso de ler do que o primeiro

2ª volume da série de livro Rangers, Ponte em Chamas mostra que a saga tem um grande potencial pela frente.


Esse segundo volume da série de livros mostra uma trama mais espontânea, uma narrativa visceral, que prende o leitor de uma forma gostosa.

Após Will fazer uma escolha que mudaria sua vida para sempre, escolher entre ser arqueiro ou guerreiro no último livro, esse segundo volume segue uma linha diferente. Dessa vez o arqueiro terá que enfrentar uma guerra. Só que dessa vez Halt, seu treinador, não estará com ele.

Will, Horace e Gilan seguem em uma aventura sozinhos para tentar deter os planos do terrível Morgarath, o Senhor da Chuva e da Noite, o vilão do livro.

Ponte em Chamas mostra o desenvolvimento de Will, de como ele está após passar pelo seu primeiro ano de treinamento, em como é difícil se separar dos amigos. Ele está crescendo e ficando cada vez mais habilidoso, mostra como e quando usar as lições que Halt lhe ensinou em cada situação, isso fica bem claro no livro.

Um dos núcleos desse livro que mais gosto, na verdade de provavelmente toda a saga, é a amizade, afinal Horace passa a ser um personagem mais forte nesse segundo volume. Ele está com Will desde quando ele é convocado para a missão até o final. Inclusive o personagem tem um enorme destaque no final do livro que faz o leitor ficar ainda mais apaixonado pelo mesmo.

Temos uma nova adição na trama, dessa vez uma garota, que infelizmente não pudemos conhece-la muito, somente o suficiente para sabermos que ela pode se desenvolver na trama de uma forma forte e incrível. Além da nova personagem feminina, temos as novas pessoas que fazem a história acontecer. Nos momentos finais do livro é incrível como o Flanagan conseguir introduzir aqueles personagens na trama para que possamos sermos motivados a seguirmos para o próximo livro.

O livro segue mais uma forma desenvolta, que não mostra Will aprendendo novas habilidades e sim ela a usando-as. Algumas cenas do livro em que ele usa elas são impecáveis, é capaz de prender totalmente o fôlego do leitor de uma forma que você não quer mais parar o livro.

Ponte em Chamas surpreende, é extremamente melhor que o primeiro, e traz novas oportunidades para os próximos livros.

Nota: 5 de 5.
Labels
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home