8/Críticas

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Meu Malvado Favorito 3 - os Minions cada vez mais próximos de uma "carreira" solo!


No terceiro filme da série Meu Malvado Favorito, acompanhamos Gru perdendo seu emprego, descobrindo um desconhecido irmão gêmeo e enfrentando um novo vilão que é figurinha carimbada lá dos anos 80 deles (por sinal, foi dublado por Evandro Mesquita, figurinha carimbada dos nossos anos 80).

Achei muito criativa a construção e motivação desse vilão (mesmo que em alguns aspectos me lembrou a ideia do Bolt, Supercão que acredita ser o personagem que interpreta na TV), além de trazer uma certa nostalgia da época, agradando principalmente os mais velhos e os pais que estão acompanhando seus filhos no cinema. 


Foi bacana ver que essa nova animação consegue fazer uma boa divisão de tela com a ampla cartela de personagens e consegue explorar muito bem a evolução particular de cada um: Gru criando laços familiares, Lucy desenvolvendo seu lado materno, a fofa Agnes e sua fascinação por unicórnios levada ao extremo, Margô e seu novo pretendente e, claro, os amados Minions tentando sair de uma bela enrascada. Por falar neles, um ponto negativo foi ver esses pequenos seres amarelos um pouco distantes do seu mestre Gru e ganhando uma história mais individual (mas que não deixaram de arrancar risos ao aparecerem em cena). 


Com o passar dos anos é possível constatar a evolução dessas animações realizadas no formato 3D, chegando a me surpreender desta vez com a riqueza de detalhes da chuva sobre a pele dos Minion e a perfeita textura do cachecol de lã do Gru. O filme é muito leve e divertido, fazendo com que os minutos passem voando e quando você menos percebe, já chegou ao fim. Acho que Meu Malvado Favorito tem muita lenha para queimar e rende ainda muitas e muitas outras histórias divertidas para uma sequência de número 4, 5, 6 e assim vai...


Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home