8/Críticas

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Mãe! - Esse é o filme perfeito para explodir sua mente!



Que filme mais insano é esse... mas no bom sentido da palavra! O roterista/diretor dessa outra (Darren Aronfsky) é aquele mesmo responsável pela direção dos fortes e intensos Cisne Negro e Noé. Mãe! conta a história de um poeta (Javier Bardem) que encontra-se na tarefa de escrever seu segundo livro enquanto sua esposa (Jennifer Lawrence) trabalha na restauração da casa do casal, onde levam uma vida tranquila e isolada da sociedade. Durante a história, um outro casal (e ao longo do filme outras pessoas estranhas também) aparecem no pacato lar e começam a ficar hospedadas por ali com o consentimento do marido e o estranhamento da esposa. 

Resultado de imagem para wallpaper mother movie 2017

A partir daí começamos a criar empatia por essa dona de casa e a compartilhar com ela, todos os sentimentos de angústia e desespero pelos estranhos fatos que vão acontecendo: assassinatos, perseguições, invasões, atos de intolerância e muitos outros. Sempre achei a J. Lawrence um atriz razoável e não a melhor atriz da sua geração como muitos acham, mas nesse filme ela está simplesmente sensacional ao entregar emoções muito verdadeiras com a câmera sempre muito focava em seu rosto (ousaria a dizer que essa é possivelmente a melhor interpretação de sua carreira e é  digna de um Oscar). Destaque também para Michelle Pfeiffer que dá um show ao representar uma personagem que abusa da hospitalidade do casal na maior cara de pau.
 

Podemos citar três fatos muito interessantes desse longa que chamam bastante a atenção: 1º - as metáforas são feitas de forma incrível, 2º - todo o clima de suspense é causado pelo total e agoniante silêncio de fundo em todas as cenas e 3º - não sabemos o nome de nenhum dos personagens da trama, causando todo um mistério. O final, mesmo que muito esperado, de certa forma já havia sido revelado suas pistas logo lá no início, mas mesmo assim não estraga em nada a experiência do espectador que está muito além disso. Saímos do cinema com a mente em explosão de informações e que possivelmente nos deixará dias e dias pensando nessa complexa e interessantíssima história (é muito comum ficar sem entender algumas coisas também, fique tranquilo). Que sejam criados mais e mais filmes diferentes e instigantes assim como este!

Labels
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home