8/Críticas

sábado, 25 de novembro de 2017

Liga da Justiça - Uma nova esperança para os filmes da DC no cinema?


A Liga da Justiça começa logo após os acontecimentos de Batman Vs Superman e mostra a equipe se formando para combater uma ameaça maior vindo de longe no espaço: o Lobo da Estepe. Esse super vilão tenta reunir as 3 caixas maternas localizada na Terra (uma em Atlantis com Aquaman, outra na Terra das Amazonas e outra de posse do Ciborgue) para invocar uma força suprema capaz de destruir o planeta que conhecemos e construir seu próprio mundo. O filme começa logo dando espaço e mostrando individualmente cada um dos heróis nas suas rotinas e faz de uma forma natural, as interligações entre eles até a formação propriamente dita da Liga.


A grande motivação inicial do grupo é trazer de qualquer maneira o Superman para auxiliar na derrota do grande vilão, mas a forma com que o trazem de volta à vida, não mostrou nenhuma grande originalidade. O tom de humor caiu muito bem durante o filme, mesmo até para o "cara fechada" do Batman (grande destaque para o Flash que faz isso com muita naturalidade e inocência), e deu um ar bem leve para a aventura (o clima de tranquilidade demais só me incomodou um pouco no exato momento em que a situação realmente esquentou e a maioria deles estava "relax" demais). Já com relação à derrota do vilão, foi uma boa sacada e consegue chamar bastante a atenção pela inesperada/surpreende cena. 


A melhor coisa do filme pra mim, foi ver como a Liga funciona muito bem junta, um completando o outro e sendo essencial para o sucesso da missão (uma das cenas finais com os integrantes reunidos um do lado do outro, alegra o coração de qualquer nerd). O saldo é muito positivo, me fazendo querer ver mais conteúdos do universo cinematográfico da DC, mesmo percebendo que começaram a utilizar um pouco da fórmula "Marvel leve, colorida e alegre" (O sombrio e realista também seria muito bem vindo, pois traz um contraponto legal com a concorrente). Para fechar bem o filme, ainda somos presenteados com uma animadora cena pós-créditos, que vale a pena esperar até as últimas "letrinhas" subirem pela telona.

Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home