8/Críticas

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Assassinato no Expresso do Oriente - Adaptações de sucessos literários sempre dão certo no cinema?


Em Assassinato no Expresso do Oriente, um renomado detetive conhecido como Hercule Poirot, embarca uma viagem de trem, com duração de três dias, percorrendo uma paisagem exuberante de inverno pesado até a Europa. No meio do caminho uma avalanche interrompe os trilhos da locomotiva e os passageiros descobrem que esse não foi o único fato negativo dessa jornada: um dos viajantes fora assinado na noite passada. Até então o filme funciona num ritmo muito bom e nos faz embarcar nessa viagem junto com os personagens, porém quando o interrogatório de uma dúzia de suspeitos começa, a trama cai para um clima de muito monotonia. 
 

O que mais chama a atenção quando estamos chegando em direção do final do filme, é a revelação desse assassino, sendo que se alguém me pedissem para chutar um nome, eu nunca, nunca mesmo, acertaria (surpreendente e diferente de tudo). Com relação às filmagens, senti que o diretor (que também interpreta o protagonista detetive) teve um cuidado ao entregar algumas cenas com seu toque particular, como por exemplo um diálogo em frente ao aposento do assassinado, onde por volta de cinco minutos, a câmera fixada ao teto e com direção ao chão em um ângulo de 90º, fica somente registrando a movimentação dos atores por cima. 
 

Tive a impressão assistindo ao longa que a história deve funcionar muito mais como um livro do que como um filme, pois lá é possível desenvolver muito mais um clima de mistério e não necessita obrigatoriamente a explicação dos fatos de uma forma física. Outra percepção que tive também, é que o filme está deslocado do nosso tempo, não funcionando tão bem assim em 2017... tem cara de filme antigo ao optar por trabalhar com uma narrativa muito ultrapassada. 

Assassinato no Expresso do Oriente é um bom divertimento para quem curte um grande mistério ao estilo "quem matou Odete Roitman?" mas não chega a ser um grande e espetacular filme. 
 
Share This
Nenhum comentário:

404

We Are Sorry, Page Not Found

Apologies, but the page you requested could not be found.

Home